Por que sua empresa precisa de um social media?

O texto poderia ter início explicando as funcionalidades de cada rede social, mostrando o público específico, as melhores formas de atingi-lo, entre outras dicas. Contudo, esses macetes já estão manjados e podem ser encontrados em diversos portais de notícias. O que nós vamos trazer aqui são motivos reais para a sua empresa ter suporte em social media.

1) O seu cliente está, de alguma forma, conectado. Seja por smartphone, televisor ou rede de pessoas próximas. O Facebook divulgou dados da sua presença online e, de acordo com essa análise, ele superou dois bilhões de usuários ativos mensais no mundo. De cada sete pessoas, duas possuem um perfil na rede. Isso significa que há uma distribuição dos acessos entre todos os tipos de públicos. Dificilmente o seu não está incluso nessa.

2) Estar presente em diversas plataformas facilita para que você seja encontrado. É preciso ser estratégico para atingir o público alvo e perceber quais são as principais formas pelas quais você é encontrado na internet. De repente, o seu público procura mais pelo nome da sua empresa no Instagram do que no Facebook. Ou no Twitter. Ou no Linkedin. Analise o perfil que você quer atingir. Se for um público mais conectado, experimente produzir conteúdo multiplataforma. Mas lembre-se: cada rede possui suas peculiaridades. Não vai adiantar nada replicar o conteúdo um milhão de vezes em plataformas diferentes. Produza material novo e adequado ao perfil da rede.

3) Você precisa de um social media. É muito difícil aliar duas funções, não é mesmo? Se você é engenheiro, não vai ter tempo ou disposição para criar conteúdos, editar imagens e produzir vídeos. Se for médico, idem. Para isso, existem os profissionais dedicados. Na Stampa, temos equipes de jornalistas e designers atentos às novidades do setor e prontos para criar o melhor conteúdo para a sua empresa.

4) Os clientes querem se sentir próximos do seu negócio. O processo de fidelização de um cliente é longo e árduo. Isso por que, geralmente, diversas empresas estão investindo na mesma conquista, buscando gerar consumidores fieis a todo o custo. Seja simples e tenha proximidade. Você pode se conectar ao público alvo pelas redes sociais, conversar com ele, fazer questões, responder as solicitações imediatamente e demonstrar que você está atento às necessidades dele. Todo o cliente se sente valorizado quando a empresa que o atende lhe dá a atenção merecida. Em vez de criar ouvidorias e disponibilizar telefones, interaja pelas redes sociais. Fácil, barato e muito mais rápido.

5) Os números não mentem. 2 bilhões de usuários mensais ativos no Facebook; 700 milhões de usuários no Instagram; 328 milhões de pessoas conectadas no Twitter; 500 milhões de perfis no Linkedin. Esses dados provam que você precisa estar em alguma das plataformas ou em todas elas. Seu cliente está lá, conecte-se a ele.

Anúncios

Transmissões ao vivo com o Facebook Live Audio

Além do Facebook Live (transmissão ao vivo) – com recurso de transmitir vídeos em 360 graus –, ferramenta amplamente utilizada pelos usuários da rede social, é possível realizar lives de áudio pelo Facebook.  O Facebook Live Audio foi implementado em dezembro de 2016 e é a ferramenta ideal para os apaixonados por podcasts. A ideia da plataforma é atingir o público que buscava um meio de contar uma história apenas com palavras, sem utilização de imagens.

Antes de o recurso ser disponibilizado, alguns usuários já realizavam transmissões de áudio utilizando uma imagem estática no player de vídeo, longe de ser o ideal. Com o Facebook Live Audio, o grande diferencial é que os usuários podem escutar o conteúdo transmitido mesmo saindo do aplicativo do Facebook ou bloqueando a tela no Android. No iOS, o suporte é limitado, é possível navegar no Facebook enquanto ouve a transmissão, sem sair do aplicativo.

Além disso, o recurso é indicado para usuários que utilizam uma conexão lenta, em que as transmissões de vídeo ficam em baixa qualidade. O áudio é uma forma mais adequada para atingir esse público, mantendo o interesse e a interação através de comentários, reações e compartilhamentos.

Facebook Ads: como vencer os leilões?

O publicitário e professor Fábio Prado, criador do projeto Face Ads Descomplicado, começou a palestra no 19º Encontro Locaweb, realizado em Porto Alegre (RS), com a seguinte afirmação: “99% dos anúncios feitos no Facebook são realizados por leilão.” Entendeu o que ele quis dizer? A gente explica.

Quando você cria um anúncio no Facebook, você seleciona todas as individualidades necessárias para atingir o público desejado: gênero, idade, local e interesses. Correto? Então,  o valor foi debitado e pronto, sua promoção está no ar. A partir disso, começa o trabalho dos algoritmos para direcionar o seu anúncio ao público selecionado.

5 dicas para um anúncio de sucesso no Facebook

O sistema utilizado pela plataforma tenta equilibrar duas coisas: criação de valor para os anunciantes e oferta de experiências relevantes e positivas para as pessoas. E a melhor maneira de fazer isso é com um leilão. Porém, o vencedor do leilão não será quem aplicar mais dinheiro e sim o anúncio que criar maior valor total, que é o resultado da soma de três fatores: lance do anunciante, qualidade e relevância do conteúdo e taxas estimadas de ação.

Os leilões do Facebook Ads acontecem bilhões de vezes ao dia e se o seu anúncio possui alta qualidade e relevância, certamente será um ganhador. Para aproveitar o máximo dos anúncios, maximize todos os fatores: dê um lance com valor máximo, ofereça informações atrativas e direcione-os para o público certo. Assim, você terá mais chance de ter sucesso no Facebook Ads!

5 dicas para fazer um anúncio de sucesso no Facebook

A rede social de Mark Zuckerberg se mantém no topo quando o assunto é plataforma de relacionamento. Isso acontece porque, se aplicadas técnicas estratégicas na criação do conteúdo, gera uma alta taxa de conversão.

Para ajudar a pensar na publicidade da sua marca, separamos cinco dicas para investir em um anúncio no Facebook e obter o melhor resultado possível.

  • A imagem não pode conter mais do que 20% de pixels dedicados ao texto. Para se certificar disso, utilize a ferramenta de grade do Facebook.
  • Simplifique o conteúdo, pois os usuários não estão dispostos a perder muito tempo tentando entender a mensagem que você quis passar.
  • Seja direto e mostre logo as vantagens que o consumidor terá ao adquirir o seu produto. Se interessar, ele irá procurar mais informações na página, no site ou diretamente na empresa.
  • Selecione o público que deseja atingir, pois ao segmentar é possível ser mais assertivo e gerar mais conversões.
  • Verifique se o link para o qual o anúncio está sendo direcionado está ativo. Nada adianta investir dinheiro em publicidade se não é possível atender aos leads.

2014-06-25_1722

Nova ferramenta do Facebook transformará fotos em obras de arte

O Facebook testa na Irlanda uma nova ferramenta para as fotos publicadas na rede social. O Style Transfer irá analisar as imagens e aplicar efeitos para transformá-las em verdadeiras obras de arte.

Já existe um aplicativo capaz de fazer isso, o Prisma. Ele, porém, demora algum tempo para processar a imagem e modificá-la. No Facebook, parte do processamento será nos servidores da plataforma, o que torna a ação mais rápida. Ainda não foi divulgada uma data para o serviço ser disponibilizado no Brasil.

Confira o vídeo publicado pela rede social sobre a novidade.